Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2010

Fruição: o prazer que a linguagem proporciona

Quando esta postagem foi criada, em 26 de setembro de 2010, o fiz motivado, emocionado que estava pela audição de “Wish I Stayed”, na voz de Ellie Goulding. A alternância de sons sibilantes com os acordes do violão desequilibra os ouvidos de quem está habituado com as invasivas e repetitivas canções executadas em emissoras de rádio (am/fm), nos auditórios dos “programas” ditos televisivos cuja invasão se dá, além das salas, hóspede habituè, pelas cozinhas, dormitórios, restaurantes, estações rodoviárias e, até, em leitos hospitalares: não precisa pedir, ela já está lá quentinha, como um prato de comida, ansioso pela chegada do primeiro faminto que aparecer à sua frente.  Linguagem é qualquer sistema de sinais, ou signos, através dos quais dois seres se comunicam entre si para transmitir e receber informações, avisos, expressões de emoção ou sentimento etc. Embora existam sistemas de linguagem entre animais e até vegetais, é no homem que ela atinge altos níveis de aperfeiçoamento, q…

" Quem fala de si mesmo busca a sua própria glória; mas o que busca a glória daquele que o enviou, esse é verdadeiro, e não há nele injustiça" Jo 7:18

“Sou um homem doente... Um homem mau. Um homem desagradável. Creio que sofro do fígado. Aliás, não entendo níquel da minha doença e não sei, ao certo, do que estou sofrendo. Não me trato e nunca me tratei, embora respeite a medicina e os médicos. Ademais, sou supersticioso ao extremo; bem, ao menos o bastante para respeitar a medicina. (Sou suficientemente instruído para não ter nenhuma superstição, mas sou supersticioso.) Não, se não quero me tratar, é apenas de raiva. Certamente não compreendeis isto.”
DOSTOIÉVSKI, Fiódor. Memórias do Subsolo. São Paulo: Editora 34,2000, p.15



Neste momento da história brasileira, tomo parte do processo político eleitoral, além do voto, ao enunciar-me como cidadão a quem não é vedada a garantia constitucional de manifestar sua opinião. E, ao fazer isto, não posso insurgir-me contra a lei: o anonimato me é vedado.
Tem havido uma crescente onda de desmoralização, injúria e, sobretudo, calúnia - reportagens revestidas de conclusão judicial, sem cont…

O que penso

Neste momento de decisões políticas não podemos nos tornar alheios. Tem havido uma crescente onda de desmoralização, injúria e, sobretudo, calúnia - reportagens revestidas de conclusão judicial, sem contudo passar pelo crivo das instâncias jurídicas ou a apresentação do contraditório pela outra parte.
Eu não concordo com esse tipo de posicionamento. Não quero posicionar-me cegamente favorável ao Partido dos Trabalhadores. Há erros significativos na conduta de membros do poder executivo assim como, na gestão, em esfera federal, do PSDB (Serra, Aloysio e o “escândalo da Casa Civil” que a mídia esconde {http://www.papillon.blog.br/2010/09/25/serra-aloysio-e-o-escandalo-da-casa-civil-que-a-midia-esconde/};

Pronunciamento da Aliança sobre as Eleições 2010

ELEIÇOES 2010: PRONUNCIAMENTO DA ALIANÇA DE BATISTAS DO BRASIL



A Aliança de Batistas do Brasil vem, por meio deste documento, reafirmar o compromisso histórico dos batistas, em todo o mundo, com a liberdade de consciência em matéria de religião, política e cidadania. A paixão pela liberdade faz com que, como batistas, sejamos um povo marcado pela pluralidade teológica, eclesiológica e ideológica, sem prejuízo de nossa identidade. Dessa forma, ninguém pode se sentir autorizado a falar como “a voz batista”, a menos que isso lhe seja facultado pelos meios burocráticos e democráticos de nossa engrenagem denominacional.

Em nome da liberdade e da pluralidade batistas, portanto, a Aliança de
Batistas do Brasil torna pública sua repulsa a toda estratégia político-religiosa de “demonização do Partido dos Trabalhadores do Brasil” (doravante PT). Nesse sentido, a intenção do presente documento é deixar claro à sociedade brasileira duas coisas: (1) mostrar que tais discursos de demonização do PT …

O emprego

As novas tecnologias sempre causaram espantos. Quando Gutemberg imprimiu o primeiro texto, quando o pintor responsável pelo retrato das famílias e das paisagens foi substituído pelo daguerreotipo houve um espanto, agitação geral no seio da sociedade. A máquina fotográfica "podia roubar tanto a alma" quanto tirar o status social e o sustento financeiro de muita gente. Nós professores estamos no meio de uma mudança de paradigma trabalhista: seremos substituídos pelas máquinas, pelos sofisticadíssimos softwares?
A mudança não é indesejada, é sinal do desenvolvimento da raça humana, contudo, questiona-se, até onde e ainda pode-se questionar, a propalada modernidade de escolas com internet com banda larga, computadores, etc.: tem que mudar por que é importante ou por que "todo mundo" está mudando e eu não posso ficar de fora? Compra-se primeiro os móveis ou a casa?
De acordo com dados divulgados pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) “T…