quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Contar estrelas







Aproveitar a vida é sempre um exercício duplo: ousadia e prudência constituem-se numa argamassa especial para construir e compartilhar histórias; para ser ouvinte de histórias e, ainda, inspirar histórias duradouras no cotidiano de pessoas verdadeiras, apaixonadas pela vida, pela família e amigos.

Os pássaros, as árvores e as nuvens existem todos os dias, contudo, nem sempre estamos atentos ao seu canto, sua folhagem e à sua sombra. Estão disponíveis à espera de um caminheiro que possa ouvir seu canto, abrigar-se em sua sombra,  olhar para o alto e imaginar - como criança - as imagens formadas e deformadas pelo vento.

Ser aniversariante é, desculpe-me o excesso de pretensão, em companhia dos amigos que o Senhor nos acrescenta, contar as estrelas nas noites frias ou calorentas e dizer para os ouvidos entenderem:

“Confia no SENHOR e faze o bem;
habita na terra e alimenta-te da verdade.” Salmos 37.3


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Um texto é sempre inconcluso.